08:26 12 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Bairro da zona leste de Aleppo libertado pelo Exército Sírio, em 13 de dezembro de 2016

    Representantes de Rússia e EUA discutem cooperação para resolver crise síria

    © Sputnik/ Mikhail Alaeddin
    Mundo
    URL curta
    536

    O vice-chanceler russo Mikhail Bogdanov se encontrou com o embaixador dos Estados Unidos na Rússia, Jon Huntsman, nesta quarta-feira, para discutir questões relacionadas à cooperação entre os dois países para garantir a redução da violência na Síria, segundo informou o Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

    Caça-bombardeiro Su-34 durante missão na Síria
    © Sputnik/ Ministério da Defesa russo
    "A parte russa destacou que não há alternativa à solução política do conflito na Síria com base na resolução 2254 do Conselho de Segurnça da ONU, e também sublinhou a importância do processo de Astana, inclusive para ajudar a estabelecer um processo de negociação sustentável e inclusivo no processo de Genebra sob os auspícios da ONU", disse a chancelaria russa por meio de comunicado. "A prontidão da Rússia e dos EUA para mais cooperação no sentido de garantir a desescalada das tensões na Síria foi confirmada". 

    A Síria se encontra mergulhada em uma sangrenta guerra civil desde 2011, com as forças leais ao presidente do país, Bashar Assad, tendo que combater uma série de grupos armados da oposição, incluindo organizações terroristas. Estima-se que os conflitos no país tenham deixado centenas de milhares de mortos, sendo o mês de outubro deste ano, de acordo com o Observatório Sírio de Direitos Humanos, o mais letal, com quase 3.400 mortes.

    Mais:

    Rússia apoia esforços sauditas para formar delegação unida da oposição síria
    'Invasores': Síria sobe o tom contra a presença de EUA e Turquia no país
    Síria assina Acordo de Paris e deixa EUA ainda mais isolados
    Analista: na Síria, EUA patrocinam os terroristas restantes
    Tags:
    Jon Huntsman, Mikhail Bogdanov, Bashar Assad, Genebra, Rússia, EUA, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik