17:09 22 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Bombardeiros B-1B Lancer dos EUA e caças F-15 da Coreia do Sul

    Bombardeiros B-1B dos EUA sobrevoam península coreana em prática de ataque

    © REUTERS / Kamaile Casillas/Pacific Air Forces/DVIDS
    Mundo
    URL curta
    161222

    Os bombistas B-1B da Força Aérea dos EUA voaram sobre o espaço aéreo norte-coreano, juntamente com as aeronaves sul-coreanas e japonesas antes da viagem do presidente dos EUA, Donald Trump, para o Leste Asiático.

    A Força Aérea dos Estados Unidos confirmou o voo, mas insistiu que a missão de prática de bombardeio fazia parte de operações de rotina e não respondem a nenhum evento em particular.

    "A missão bilateral de presença de bombardeiros contínuos foi planejada antecipadamente  e não corresponde a nenhum evento atual", diz a declaração da Força Aérea dos EUA. 

    A Coreia do Norte realizou este ano o sexto teste nuclear e uma série de testes de mísseis balísticos, incluindo o lançamento de dois supostos mísseis intercontinentais, capazes de alcançar o território dos EUA, e dois mísseis de alcance intermediário que sobrevoaram a ilha japonesa de Hokkaido.

    Pyongyang também ameaçou atacar com mísseis a ilha norte-americana de Guam, onde estão localizados os bombardeiros estratégicos do B-1B Lancer dos EUA.

    Mais:

    Trump considera classificar Coreia do Norte como país patrocinador do terrorismo
    Novos testes e ogivas nucleares: Coreia do Sul alerta para os próximos passos de Pyongyang
    EUA e Rússia enviam bombardeiros nucleares para as fronteiras da Coreia do Norte
    Tags:
    Bombardeiro, ataque, bombardeio, B-1B, Coreia do Norte, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik