02:27 21 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Polícia americana barra acesso a local de atentado em Nova York

    Atentado de Nova York: 6 estrangeiros e 2 norte-americanos entre as vítimas

    © REUTERS / Shannon Stapleton
    Mundo
    URL curta
    Atentado de Halloween em Nova York (9)
    2 0 0

    O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, declarou nesta quarta-feira que as autoridades não veem ameaças específicas ou credíveis adicionais contra a cidade.

    As autoridades de Nova York confirmaram a morte de seis estrangeiros e 2 norte-americanos no ataque de terça-feira na cidade de Nova York. Dos estrangeiros mortos no atentado haviam 5 argentinos e uma belga. 

    "As vítimas do ataque de Manhattan de outros países serão eternamente nova-iorquinos", afirmou Bill de Blasio.

    De acordo com de Blasio, como as autoridades não veem ameaças adicionais específicas ou credíveis para a cidade, a maratona de Nova York continuará conforme planejado em 5 de novembro.

    Em pleno dia 31 de outubro de 2017, uma caminhonete invadiu uma ciclovia no bairro de TriBeCa, em Nova York, matando oito pessoas. O agressor, um homem de 29 anos e de nacionalidade uzbeque, teria gritado "Allahu Akbar" e deixado um bilhete jurando fidelidade ao Daesh (Estado Islâmico).

    Tema:
    Atentado de Halloween em Nova York (9)

    Mais:

    Trump pede mais rigor contra imigrantes após ataque em Nova York
    Bilhete revela que terrorista de Nova York teria ligação com o Daesh
    Mídia divulga fotos do terrorista de Nova York
    Caminhonete invade ciclovia e mata ao menos 8 em Nova York; Prefeito fala em terrorismo
    Tags:
    atentado terrorista, mortos, Daesh, Estado Islâmico, Bill de Blasio, Nova York, EUA, Argentina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar