04:47 22 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Destroços do Consulado dos Estados Unidos em Benghazi, na Líbia, alvo de um ataque terrorista em 11 de setembro de 2012

    EUA capturam responsável por ataque contra consulado americano na Líbia

    © AP Photo / Ibrahim Alaguri, File
    Mundo
    URL curta
    633

    Militares norte-americanos conseguiram capturar um suspeito de participação no ataque contra o consulado dos EUA em Benghazi, na Líbia, que resultou na morte do embaixador Christopher Stevens e outros três americanos em 2012.

    "Ontem, sob minhas ordens, forças dos Estados Unidos capturaram Mustafa al-Imam na Líbia", afirmou o presidente dos EUA, Donald Trump. "Por conta dessa operação bem sucedida, al-Imam enfrentará a justiça nos Estados Unidos por seu suposto papel nos ataques de 11 de setembro de 2012 em Benghazi, que resultaram na morte do embaixador Christopher Stevens, de Glen Doherty, de Sean Smith e de Tyrone Woods, quatro bravos americanos que estavam servindo ao nosso país".

    No último dia 2, teve início o julgamento de Ahmed Abu Khatallah, acusado de orquestrar o ataque contra o consulado americano em Benghazi.

    Mais:

    País dividido: Líbia 6 anos depois de Kadhafi
    Vice-premiê: Líbia pede ajuda à Rússia para acabar com o conflito armado no país
    Até que enfim: um acordo de paz preliminar na Líbia
    Tags:
    ataque, Ahmed Abu Khatallah, Mustafa al-Imam, Donald Trump, Christopher Stevens, Benghazi, Líbia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar