04:06 20 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    Discurso de Donald Trump na 72a Assembleia Geral da ONU em Nova York em 19 de setembro de 2017

    EUA praticam 'chantagem nuclear', diz diplomata norte-coreano

    © REUTERS/ Eduardo Munoz
    Mundo
    URL curta
    52456131

    Pyongyang continuará seu programa de testes nucleares para garantir uma defesa confiável contra os Estados Unidos, disse Jong Nam Hyok, pesquisador do Instituto de Estudos Americanos (IFAS) no Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte, nesta sexta-feira (20).

    "Esses testes são orientados para a autodefesa e não são contra os princípios das relações internacionais. É por isso que eles não devem ser alvo de críticas", disse Hyok durante a Conferência de Não-Proliferação de Moscou.

    O diplomata também afirmou que os Estados Unidos praticam "chantagem nuclear" contra a Coreia do Norte e destacou que os EUA não são signatários do Tratado de Interdição Completa de Ensaios Nucleares. 

    Conhecido pela sigla em inglês, CTBT, o Tratado de Interdição Completa de Ensaios Nucleares foi adotado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1998 e proíbe explosões nucleares para fins militares e civis. Entretanto, ele ainda não é considerado válido porque oito países ainda não o assinaram ou ratificaram seus termos: Coreia do Norte, China, Egito, Irã, Israel, Estados Unidos, Índia e Paquistão.

    Mais:

    Cálculo errado colossal: EUA são incapazes de fazer com que Coreia do Norte 'se ajoelhe'
    Coreia do Norte planeja pacificar os EUA e promete responder ao fogo com fogo
    Poderoso porta-aviões dos EUA realiza exercícios próximos da Coreia do Norte
    Seul revela como vai destruir defesas da Coreia do Norte se eclodir guerra na península
    Opinião: ataques da Coreia do Norte a navios dos EUA poderiam ser motivo para guerra real
    Coreia do Norte insiste que EUA a reconheçam como potência nuclear em prol da paz
    Tags:
    ONU, Estados Unidos, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik