08:30 21 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    Bandeira da UE

    Vai sobrar para todos: Europa teme as consequências das medidas dos EUA contra o Irã

    © Sputnik/ Collage
    Mundo
    URL curta
    1023

    União Europeia pediu a Washington que respeite o acordo nuclear com o Irã, bem como considere a segurança dos aliados e dos países da região ao tomar qualquer decisão sobre o tema. Esse foi o teor da declaração dos ministros das Relações Exteriores dos países da UE no âmbito do Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA).

    "UE insta os EUA a manter o comprometimento com JCPOA e considerar as consequências para a segurança dos EUA, dos seus parceiros e para a região, antes de adotar novas medidas", afirma o documento. 

    Segundo os ministros, a decisão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de negar o cumprimento das condições do JCPOA pelo Irã "está relacionada ao contexto dos processos internos nos EUA".

    Além disso, UE expressou instatisfação com a política externa norte-americana e afirmou que os temas não relacionados ao programa nuclear devem ser tratados a parte.

    Mais cedo, o secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, informou que Washington pretende continuar o trabalho no âmbito do JCPOA.

    No dia 13 de outubro, Donald Trump declarou que os EUA revisaram a sua estratégia em relação ao Irã e que podem romper o acordo nuclear com o país a qualquer momento.

    Mais:

    Opinião: 'Decisão de Trump sobre acordo com o Irã vai criar caos entre países europeus'
    Estes são os cenários militares que Washington poderia aplicar contra o Irã
    Irã ameaça romper acordo nuclear se sanções forem restauradas
    O Irã nunca se curvou e não se curvará à pressão internacional, diz presidente iraniano
    Tags:
    JCPOA, cooperação multilateral, acordo nuclear, Irã, Europa, UE, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik