19:15 20 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Produtor de Hollywood Harvey Weinstein na cerimônia do Oscar. 22 de fevereiro de 2015.

    'Era do abuso terminou': Hollywood expulsa Weinstein por escândalo de assédios

    © AP Photo/ Vince Bucci
    Mundo
    URL curta
    221
    Nos siga no

    A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas expulsou o produtor Harvey Weinstein neste sábado (15) após uma série de acusações de abuso e assédio sexual a várias mulheres nas últimas três décadas.

    A academia informou que seu conselho votou à favor da expulsão do celébre produtor e divulgou um duro comunicado, destacando que "a era da ignorância deliberada e da cumplicidade vergonhosa com os comportamentos sexuais" terminou. 

    "Fazemos isto não só para nos separar de alguém que não merece o respeito dos seus companheiros, mas também para enviar a mensagem de que a era da ignorância deliberada e da cumplicidade vergonhosa com os comportamentos sexuais de depredadores na nossa indústria acabou", diz o comunicado. 

    "O que está em questão é um problema muito grave que a nossa sociedade não aceita", acrescentam os membros da junta da Academia de Hollywood. 

    O escândalo envolvendo Harvey Weinstein começou no início do mês após uma publicação do jornal The New York Times revelando um histórico de abusos e assédios sexuais cometidos pelo poderoso produtor nas últimas três décadas. O número de atrizes e modelos que relataram abusos de Weinstein chega a 40.

    Mais:

    Disney e Hollywood, as armas mais poderosas dos EUA na conquista do mundo?
    Um roteiro de Hollywood... sobre guerra com Rússia!
    'Fomos atacados': Hollywood declara guerra contra Rússia através de Morgan Freeman
    Tags:
    assédio sexual, abuso sexual, Cinema, escândalo, Harvey Weinstein, Hollywood, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar