15:32 15 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    6175
    Nos siga no

    Ativistas irlandeses entregaram ao governo da Irlanda uma petição com mais de 20 mil assinaturas pedindo o fim do comércio de armas com Israel.

    O documento, entregue na última semana pela Campanha de Solidariedade Irlanda-Palestina, tem como objetivo, segundo seus autores, "destacar a vergonhosa cumplicidade do Estado da Irlanda na opressão de palestinos".

    "Em fotos: mais de 23 mil pessoas pedem ao governo irlandês para acabar com o comércio de armas da Irlanda com Israel."

    De acordo com Fatin Al Tamimi, um dos líderes do grupo, esse comércio movimentou cerca de 22 milhões de euros ao longo da última década, mas a ideia de lucrar com o assassinato de palestinos e a colonização de suas terras é inaceitável para o povo irlandês.

    "Desejamos um embargo de armas sobre esse apartheid colonial que mata, oprime, tortura e rouba a terra e a liberdade do meu povo diariamente", disse ele, que tem origem palestina.

    Mais:

    Parlamento Europeu adota resolução pedindo embargo de armas à Arábia Saudita
    Israel se prepara para uma guerra 'de várias frentes' no Oriente Médio, diz ministro
    Tags:
    palestinos, armas, Fatin Al Tamimi, Palestina, Israel, Irlanda
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar