19:41 17 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    O co-fundador do WikiLeaks, Julian Assange, faz um discurso perante jornalistas e manifestantes de uma varanda da Embaixada do Equador em Londres.

    Assange: 'Espanha está empurrando Catalunha rumo à declaração de independência'

    © Sputnik / Alex MacNaughton
    Mundo
    URL curta
    Referendo independentista na Catalunha (66)
    2 0 0
    Nos siga no

    O fundador do site WikiLeaks, Julian Assange, acredita que a Espanha está empurrando a Catalunha rumo à declaração unilateral de sua independência como parte de uma estratégia política.

    "O Estado espanhol está claramente determinado a empurrar a Catalunha para uma DUI [declaração unilateral de independência]", escreveu Assange em sua conta no Twitter.

    Para o ativista, "assim como Hitler usou uma minoria étnica para empurrar a maioria étnica em seus braços, o PP [Partido Popular] está fazendo o mesmo: rejeitando toda a mediação ou diálogo, Rajoy deixa apenas a DUI, que unirá os castelhanos após o PP".

    O parlamento da Catalunha realizará uma sessão plenária na terça-feira para analisar os resultados do referendo de 1º de outubro sobre a autodeterminação, em que mais de 2,2 milhões de pessoas participaram. O voto pela independência recebeu o apoio de cerca de 90% dos votantes.

    O governo espanhol não reconhece a legitimidade do referendo, porque foi considerado ilegal em relação ao direito do Tribunal Constitucional, além de não cumprir com um mínimo de garantias procedimentais.

    Tema:
    Referendo independentista na Catalunha (66)

    Mais:

    Premiê espanhol: Madri não permitirá a independência da Catalunha
    Crise na Catalunha: Espanha faz 'mea culpa' sobre violência policial e pede eleições
    Declaração de independência da Catalunha não teria valor legal, diz especialista
    Especialista: governo espanhol quis mostrar serem 'muito machos' na crise da Catalunha
    Tags:
    autodeterminação dos povos, independência, referendo, WikiLeaks, Julian Assange, Catalunha, Espanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar