02:06 18 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Lançamento de míssil hipersônico antinavio

    É determinado 'um novo tipo de ameaça' que pode causar Terceira Guerra Mundial

    © Sputnik / Ildus Gilyazutdinov
    Mundo
    URL curta
    164114

    O fator inesperado de risco é capaz de voar a uma velocidade de mais de 5 mil km/h, o que é quase 5 vezes mais do que a do som, informa o RT.

    O centro analítico RAND Corporation (Califórnia) considera que os mísseis supersônicos, sobretudo os mísseis de cruzeiro, representam uma "ameaça única ao equilíbrio de poder global", porque podem superar a maioria dos sistemas de defesa antimísseis e assim "reduzir ainda mais o tempo de resposta de uma nação atacada".

    Tais mísseis supersônicos são "um novo tipo de ameaça" capaz de manobrar e voar a uma velocidade de mais de 5 mil km/h, quase 5 vezes mais do que a do som, informa o RT. Neste contexto, o analista Richard Speier refere que "a proliferação de mísseis hipersônicos aumentaria as possibilidades de uma guerra estratégica". 

    Os EUA, A Rússia e a China trabalham no desenvolvimento de armas supersônicas, mas não são os únicos países interessados neste tipo de mísseis. 

    "A difusão da tecnologia hipersônica também está em marcha na Europa, Japão, Austrália e Índia", sinaliza o estudo do RAND. 

    Além do mais, o centro de estudos destaca que a "proliferação poderia cruzar múltiplas fronteiras se for oferecida uma tecnologia hipersônica nos mercados mundiais".

    Para "obstaculizar significativamente" a proliferação de mísseis hipersônicos e tecnologias associadas, que pode se expandir em uma década, o centro analítico recomenda que os EUA, a Rússia e a China acordem não exportar sistemas de mísseis hipersônicos ou seus componentes principais e que a comunidade internacional estabeleça um controle sobre as várias tecnologias de mísseis hipersônicos.     

    Mais:

    Musk: Corrida por inteligência artificial será 'provável causa' da Terceira Guerra Mundial
    Será que Terceira Guerra Mundial começará no golfo Pérsico?
    Tags:
    mísseis supersônicos, centro, terceira guerra mundial, não-proliferação, desenvolvimento, análise, ameaça, China, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar