19:22 23 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Soldados do exército norte-americano.

    Estados Unidos teriam suspendido exercícios com países do golfo Pérsico?

    CC BY 2.0 / Exército dos EUA
    Mundo
    URL curta
    0 01

    As Forças Armadas norte-americanas suspenderam cooperação com os países do golfo Pérsico por causa da crise diplomática no Qatar, de acordo com a agência de notícias Associated Press.

    A agência de notícias publicou tweet urgente sobre possível suspensão.

    ​Antes, o Ministério das Relações Exteriores de Bahrein acusou o Qatar de apoiar terrorismo no país.

    Forças militares dos EUA se preparam para mais um exercício durante atividades militares na Suécia (foto de arquivo)
    © REUTERS / Bjorn Larsson Rosvall/TT News Agency
    O principal analista do Fundo de Segurança Energética Nacional da Rússia, Igor Yushkov, durante conversa com o NSN, contou sobre as possíveis consequências do rompimento das relações diplomáticas de uma série de países com o Qatar.

    "Muito provavelmente, eles cortaram as relações com o Qatar devido às diferenças de pensamento quanto a questões sírias e iraquianas: como dividir o território, com quem negociar e quais grupos apoiar. Ou seja, eles farão de tudo para que a situação seja desestabilizada dentro do território oponente", explicou Yushkov.

    No início de junho, Bahrein, Egito, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos anunciaram a ruptura de suas relações diplomáticas e o fechamento das fronteiras com o Qatar, acusando Doha de apoiar organizações terroristas e desestabilizar a política no Oriente Médio. O Qatar nega as acusações.

    Mais:

    Ministro da Defesa russo: objetivos das manobras conjuntas Zapad 2017 foram alcançados
    O que forças estrangeiras estão tentando encontrar perto das fronteiras russas agora?
    Militar aposentado: EUA querem deslocar centro de gravidade para Polônia e países bálticos
    Tags:
    rompimento, exercício militar, terrorismo, Golfo Pérsico
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar