07:54 26 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Presidente Trump discursa perante a Assembleia Geral da ONU

    Proposta para reformar a ONU: Nova 'derrota' para os EUA?

    © Sputnik / Nikolay Lazarenko
    Mundo
    URL curta
    14283

    "Todas as campanhas dos EUA fracassaram e suas tropas foram derrotadas".

    Tal opinião foi expressa ao canal Zvezda pelo diretor do Centro russo de Análise Geopolítica, Valery Korovin, ao comentar as ameaças do presidente norte-americano Donald Trump contra a Coreia do Norte.

    O analista indicou que os Estados Unidos continuam desenvolvendo seu potencial e seu sistema industrial-militar, mesmo que as suas campanhas terminem em fracasso.

    Anteriormente, o presidente norte-americano criticou as Nações Unidas por serem uma organização muito burocrática, afirmando que o aumento de 140% do seu financiamento não a tornou mais eficaz. Ao mesmo tempo, o mandatário propôs reformar a organização.

    A iniciativa norte-americana de reforma da ONU contou com o apoio de 130 países-membros. O secretário-geral da ONU, António Guterres, por sua vez, também defende uma reforma, de maneira a tornar a organização mais "hábil, flexível e eficaz". Não obstante, 70 países — em particular a Rússia e a China, que são membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU e, portanto, têm direito de impor veto a qualquer projeto de lei — recusaram aprovar a declaração.

    Mais:

    Tratado da ONU sobre Proibição de Armas Nucleares sem potências nucleares: vai funcionar?
    Trump ajudará Brasil a ganhar assento permanente na ONU?
    ONU: Trump volta a ameaçar destruir a Coreia do Norte
    Começa a 72ª Assembleia Geral da ONU; Temer abre com discurso
    Tags:
    reforma, declaração, aprovação, tropas, forças, potencial, fracasso, derrota, ONU, António Guterres, Donald Trump, China, Rússia, Coreia do Norte, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik