23:29 17 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Exercícios estratégicos russo-bielorrussos Zapad 2017

    Embaixada da Rússia revida histeria dos EUA quanto às manobras Zapad 2017

    © Sputnik/ Yevgeny Byatov
    Mundo
    URL curta
    Manobras perto da fronteira ocidental da Rússia (36)
    290

    Cenários catastróficos, inventados e divulgados pelo Ocidente (EUA e Europa) em meio às manobras russo-bielorrussos Zapad 2017 não correspondem aos fatos, pois os exercícios decorreram abertamente, declarou o secretário de imprensa da embaixada russa nos EUA, Nikolai Lakhonin.

    "Na véspera e no decurso de realização das manobras, a mídia ocidental lançou uma companha informática em grande escala com objetivo de apresentar esse evento como preparativos da Rússia para ‘agressão' em relação aos países vizinhos. Jogaram acusações de termos planos de criar uma base na Bielorrússia para a próxima ‘invasão' à Europa", revela o diplomata.

    "Sem êxito algum, tentaram apresentar parâmetros da participação da Rússia [número de militares e quantidade de material militar] nas manobras Zapad 2017 como se estivéssemos infringindo as normas permitidas", acrescentou.

    Segundo ele, a escalada dissimulada de uma atmosfera da Guerra Fria e avisos sobre "ameaça russa" foram utilizados pelos EUA para justificar seus próprios treinamentos em grande escala no mar Báltico, bem como o aumento das forças da OTAN na região.

    Entretanto, o secretário de imprensa da embaixada russa nos EUA, Nikolai Lakhonin, sublinhou que "alguns especialistas ocidentais preferiram com razão não compartilhar tal ponto de vista. Dezenas de observadores militares e jornalistas analisaram de perto as manobras".

    Os exercícios estratégicos Zapad 2017 aconteceram entre 14 e 20 de setembro no território da Bielorrússia e em três polígonos da Rússia. As manobras contaram com participação de aproximadamente 12,7 mil militares, 70 aviões e helicópteros, 680 unidades de material bélico, incluindo 250 tanques, 200 peças de artilharia, sistemas de mísseis e morteiros, bem como 10 navios.

    As manobras causaram preocupações nos países da OTAN e entre as autoridades da Ucrânia, que se queixam da falta de transparência nas manobras. Entretanto, o Ministério das Relações Exteriores da Rússia, comentando o assunto, afirmou que o número de efetivos e equipamentos envolvidos nas manobras Zapad 2017 não atinge o nível sujeito a observação obrigatória prevista no Documento de Viena da OSCE de 2011.

    Tema:
    Manobras perto da fronteira ocidental da Rússia (36)

    Mais:

    Defesa polonesa adverte sobre 'armas nucleares de Moscou' nas manobras Zapad 2017
    Antigo chefe da OTAN: Rússia quer enviar uma mensagem ao Ocidente com manobras Zapad 2017
    'Tanque voador': T-80 mostra suas melhores qualidades na Zapad 2017 (VÍDEO)
    Rússia desmente informação sobre 'ataque a jornalistas' durante manobras Zapad 2017
    Presidente da Lituânia se queixa das manobras Zapad 2017 ao secretário-geral da ONU
    Tags:
    jornalistas, observadores, invasão, catástrofe, cenário, ameaça russa, exercícios militares, manobras, Zapad 2017, OTAN, Europa, Bielorrússia, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik