20:59 21 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    Da esquerda para a direita: o chanceler chinês, Wang Yi, o presidente do Panamá, Juan Carlos Varela, e chanceler panamenha, Isabel de Saint Malo

    Panamá recebe chanceler chinês após romper laços diplomáticos com Taiwan

    © AP Photo/ Arnulfo Franco
    Mundo
    URL curta
    263160

    O presidente do Panamá, Juan Carlos Varela, recebeu neste sábado (16) o ministro chinês das relações exteriores, Wang Yi. Foi a primeira visita oficial de alto escalão da China desde que os dois países retomaram relações diplomáticas há cerca de três meses.

    Na reunião, o Panamá expressou interesse em atrair empresas chinesas e em utilizar seu centro aéreo para voos diretos entre os dois países. 

    Segundo comunicado da presidência do Panamá obtido pela agência Associated Press, o país caribenho destacou os benefícios de sua infraestrutura logística e de portos e afirmou que "tem potencial para se tornar a ponte e o braço comercial entre a China e toda a América Latina".

    Wang adiantou que o presidente chinês, Xi Jinping, receberá Varelá em Pequim no mês de novembro — será a primeira visita de um presidente panamenho à China na história.

    Citando razões estratégicas e econômicas, o Panamá anunciou em junho o estabelecimento de laços diplomáticos com a China e a ruptura imediata com Taiwan. Pequim não reconhece a soberania de Taiwan e revindica seu território. 

    A China é o segundo maior cliente do Canal do Panamá — ligação artificial para navios que une o oceano Atlântico ao oceano Pacífico.

    Mais:

    EUA aceitam destruir estoque de gás mostarda deixado no Panamá
    Concorrência entre China e EUA: quem ganhará luta pelo canal do Panamá?
    Ex-presidente do Panamá é preso nos EUA
    Panamá corta laços com Taiwan e reconhece soberania da China
    Manuel Noriega, ex-ditador do Panamá, morre aos 83 anos
    Odebrecht pagará US$59 milhões ao Panamá por escândalo de corrupção
    Superdestróier americano avaria no canal do Panamá
    Navio militar dos EUA fica danificado durante travessia do canal do Panamá
    Tags:
    Ministério das Relações Exteriores da China, Xi Jinping, Juan Carlos Varela, Wang Yi, Panamá
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik