06:11 18 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Sigmar Gabriel

    Chefe da diplomacia alemã critica sanções e uma nova 'era de gelo' entre Rússia e Ocidente

    © REUTERS / Charles Platiau
    Mundo
    URL curta
    9141
    Nos siga no

    O ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Sigmar Gabriel, durante reunião com o secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, alertou para os riscos de uma radicalização política em relação à Rússia.

    Segundo Deutsche Welle, o ministro destacou que a Alemanha, de forma alguma, gostaria de colaborar para que novas sanções levasse à uma "nova era do gelo" entre a Rússia e o Ocidente.

    O ministro atentou para o fato da Rússia ser um importante parceiro econômico da Europa.

    "Nós não queremos destruir por completo os nossos laços econômicos com a Rússia", declarou Sigmar Gabriel.

    Além disso, o diplomata destacou que "os efeitos colaterais inesperados" das últimas sanções adotadas pelo congresso norte-americano contra Moscou suscitaram preocupações na Europa.

    Segundo Gabriel, que está nos Estados Unidos, Rex Tillerson garantiu que o presidente Donald Trump concordou em coordenar as eventuais próximas sanções contra a Rússia com seus parceiros europeus. 

    Em 2 de agosto, o presidente norte-americano Donald Trump promulgou uma lei que reforça as sanções contra a Rússia, Coreia do Norte e Irã. A lei impede o presidente norte-americano de suspender as sanções antirrussas sem a aprovação do Congresso. 

    Mais:

    Novas sanções antirrussas dos EUA devem aproximar UE da Rússia
    Sanções anti-russas adotadas pelos EUA podem ser consideradas inválidas pela UE
    Embaixador russo na China: BRICS partilha posição da Rússia sobre sanções ocidentais
    Político alemão: é impossível pôr a Rússia de joelhos com 'sanções estúpidas'
    Obrigado, Trump! Por que as sanções anti-russas são positivas para a Rússia?
    Tags:
    sanções, Rex Tillerson, Sigmar Gabriel, EUA, Rússia, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar