19:41 20 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Secretário de Estado do Vaticano, Pietro Parolin, passou a semana em visita à Rússia

    Vaticano louva papel da Rússia na construção da paz mundial

    © REUTERS / Max Rossi
    Mundo
    URL curta
    8132
    Nos siga no

    O secretário de Estado do Vaticano, Pietro Parolin, que realizou uma visita oficial à Rússia nesta semana, destacou que o país está destinado a desempenhar um papel muito importante na arena internacional, sobretudo no que diz respeito à construção da paz em todo o mundo.

    "A Rússia, por sua posição geográfica, história, cultura, passado, presente e futuro, tem um papel importante a desempenhar na comunidade internacional e no mundo. Portanto, ela tem uma responsabilidade particular em relação à paz: tanto o país como seus líderes têm uma responsabilidade muito grande na construção da paz, e eles devem lutar para colocar os interesses da paz acima de todos os outros interesses", disse Parolin em entrevista à Rádio Vaticano nesta sexta-feira. 

    Ao longo dos últimos dias, o secretário se encontrou, na Rússia, com o presidente Vladimir Putin, o chanceler Sergei Lavrov, o Patriarca Kirill, chefe da Igreja Ortodoxa Russa, e o Metropolita de Hilarion, obispo da Igreja Ortodoxa Russa. De volta ao Vaticano, Parolin contou os detalhes dessa visita "substancialmente positiva" ao Papa Francisco, chefe da Igreja Católica, que demonstrou entusiasmo com o que ouviu. 

    "O Papa, como sabemos (e como ele também repetiu a respeito), é muito atento a todas as ocasiões possíveis para o diálogo. Ele está muito atento à avaliação de todas as ocasiões de diálogo existentes, e ele fica muito feliz quando os passos  são dados nessa direção."

    Mais:

    Venezuela: priorize a paz e suspenda a Constituinte, pede o Vaticano
    China pede que Vaticano reveja a doutrina católica
    Vaticano estuda criar doutrina para expulsar mafiosos e corruptos
    Tags:
    Papa Francisco, Pietro Parolin, Sergei Lavrov, Kirill, Vladimir Putin, Rússia, Vaticano
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar