16:59 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Presidente dos EUA, Donald Trump, brinca com um bastão de beisebol durante evento na Casa Branca

    'Logo eu?': Trump diz que mídia é irresponsável ao acusá-lo de apoiar extrema-direita

    © AFP 2017/ Olivier Douliery
    Mundo
    URL curta
    Violentos ataques de neonazistas em Charlottesville (23)
    526210

    O presidente dos EUA, Donald Trump, declarou nesta terça-feira (22) que os meios de comunicações norte-americanos são irresponsáveis ao acusá-lo de ser simpatizante da extrema-direita.

    "Eles não querem informar que eu me declarei abertamente contra o ódio, a discórdia e a violência, e condenei fortemente os neonazistas, simpatizantes da 'supremacia branca' e a Ku Klux Klan", disse Trump em discurso para seus apoiadores que foi exibido ao vivo na televisão norte-americana.

    Ele voltou a chamar os representantes dos meios de comunicações de "pessoas desonestas". 

    Donald Trump foi alvo de críticas por parte de seus opositores políticos e alguns membros do Partido Republicano por seus comentários em relação aos eventos em Charlottesville, onde houve manifestações de manifestantes supremacistas brancos, considerados de extrema-direita, gerando conflito com ativistas antiracistas e antifascistas.

    A declaração do presidente norte-americano dizendo que houve culpa dos dois lados pela violência gerou crítcas de que Trump era simpatizante dos manifestantes da extrema-direita.

    Tema:
    Violentos ataques de neonazistas em Charlottesville (23)

    Mais:

    Maioria dos americanos reprova a reação de Trump aos acontecimentos em Charlottesville
    Ódio nos EUA: Atropelador de Charlottesville era admirador de Hitler (VÍDEO)
    Neonazistas ficam entusiasmados com resposta de Trump à violência em Charlottesville
    Tags:
    mídia, extrema-direita, racismo, supremacia branca, KKK, Donald Trump, Charlottesville, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik