13:21 25 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Imagem do presidente eleito dos EUA, Donald Trump, publicada em um dos jornais chineses, Pequim, China, novembro de 2016

    Opinião: Trump está provocando uma guerra comercial entre os EUA e a China

    © AFP 2019 / GREG BAKER
    Mundo
    URL curta
    2063

    As políticas do presidente Donald Trump estão levando os EUA à uma guerra comercial desastrosa com a China, com base em reivindicações exageradas de roubo, disse à Sputnik o ex-assistente do Secretário de Estado para Assuntos de Segurança Internacional, Chas Freeman.

    Trump irritou Pequim no início desta semana, ao assinar um memorando, que solicita ao Representante Comercial dos EUA, Robert Lighthizer, a investigação das políticas comerciais chinesas, incluindo um suposto roubo de $ 600 milhões anuais em direitos de propriedade intelectual dos Estados Unidos. A China nega as acusações.

    "Estamos caminhando para uma guerra comercial mundial, desencadeada pela tentativa trágica e equivocada de pressionar a China economicamente", disse Freeman.

    Freeman afirmou que as políticas de Trump foram baseadas em falsas suposições e que mesmo a equipe do presidente não concorda com todas as medidas.

    "O esforço do presidente Trump de moldar a realidade para se adequar às suas visões incorrigíveis e tolas foi acompanhado por batalhas entre os seus funcionários, que adotam algumas posições extremas neo-mercantilistas", disse o interlocutor da Sputnik.

    As políticas imprudentes de Trump já estariam provocando um impacto catastrófico sobre a posição ocupada pelos EUA no mundo, afirmou Freeman.

    "Um presidente economicamente analfabeto, cercado por dogmáticos iludidos, está destruindo sistematicamente as bases da liderança e da prosperidade americanas — os valores liberais, o livre comércio, a atração de imigrantes e o papel preeminente na definição das regras para as transações internacionais", afirmou.

    De acordo com o Departamento de Comércio dos EUA, o valor total das exportações e importações para a China em 2016 foi de US $ 115,6 e US $ 462,6 bilhões, respectivamente.

    Chas Freeman é diretor vitalício do Atlantic Council e já foi embaixador dos EUA em Pequim e Bangkok. Freeman também ocupou diversos cargos de alto nível no departamento de Defesa dos EUA.

    Mais:

    EUA ameaçam interesses da China na Venezuela
    Investigação dos EUA contra a China pode levar a uma guerra comercial
    Como os EUA chantageiam a China
    Tags:
    guerra comercial, Chas Freeman, Robert Lighthizer, Donald Trump, China, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar