21:24 17 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Aiatolá Ali Khamenei, líder supremo do Irã (arquivo)

    Irã diz que EUA devem deixar outros países em paz e se preocupar com seus supremacistas

    © AP Photo/ Office of the Iranian Supreme Leader
    Mundo
    URL curta
    Violentos ataques de neonazistas em Charlottesville (23)
    18192

    O líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, disse nesta quarta-feira, 16, que o governo dos Estados Unidos deveria se preocupar menos em se meter nas questões internas de outros países e cuidar mais dos seus próprios problemas, como o fortalecimento de grupos racistas.

    "Se os EUA têm algum poder, é melhor eles cuidarem do seu país, enfrentarem a supremacia branca, em vez de se meter em assuntos de outras nações", escreveu o sacerdote. 

    A sociedade norte-americana e o mundo assistem com preocupação os desdobramentos de uma crise social e política evidenciada no último sábado, em Charlottesville, na Virgínia, quando centenas de neonazistas marcharam pelas ruas da cidade e foram confrontados por manifestantes antifascistas, gerando uma grande confusão que terminou com feridos, detidos e até mortos. Acusado por muitos de ter dado incentivo a essas demonstrações de ódio durante o seu período de campanha eleitoral, o presidente Donald Trump fez declarações ambíguas e com pouca firmeza sobre as ocorrências, optando por culpar tanto os supremacistas como os ativistas que protestaram contra eles pela violência, atitude que provocou forte indignação internacional.

    Tema:
    Violentos ataques de neonazistas em Charlottesville (23)
    Tags:
    neonazismo, neonazistas, supremacistas brancos, supremacia branca, supremacismo, racismo, Aiatolá Ali Khamenei, Donald Trump, Virgínia, Charlottesville, EUA, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik