05:45 19 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    Instrutores dos EUA chegam à Ucrânia

    Moscou: envio de armas dos EUA à Ucrânia provocaria mais ações militares

    © Sputnik/ Stringer
    Mundo
    URL curta
    20125

    O fornecimento de armas dos EUA para a Ucrânia pode encorajar Kiev a intensificar as ações militares de Donbass. É o que afirma o chefe do departamento de não-proliferação do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Mikhail Ulyanov.

    "Os círculos na Ucrânia que apostam na força [para resolver o conflito em Donbass] podem considerar os suprimentos de armas como um estímulo para a ação militar", disse ele.

    Ulyanov disse que, nesse caso, "a responsabilidade pela evolução da situação seria assumida não apenas por Kiev, mas também por Washington".

    "Os autores do plano para fornecer armas letais para a Ucrânia, aparentemente, presumem que a situação no leste do país não seja suficientemente explosiva e que tenham que adicionar mais lenha à fogueira", disse ele.

    O diplomata destacou que as alegações de que o fornecimento de armas é para a defesa "não mudam as coisas, considerando que as milícias não tentam expandir seus territórios, de modo que Kiev não tem nada para defender".

    Mais:

    Opinião: Crimeia reage duramente às manobras navais dos EUA e Ucrânia no mar Negro
    Candidato a diretor do FBI investigará interferência da Ucrânia nas eleições dos EUA
    Yanukovich: EUA são responsáveis por tudo que acontece na Ucrânia
    Que países além dos EUA podem vir a fornecer armas letais à Ucrânia?
    Tags:
    operações militares, militares, fornecimento, armas, EUA, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik