08:56 14 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump (arquivo)

    Trump diz que Irã terá sérios problemas se não aderir a termos de acordo nuclear

    © AP Photo / Matt Rourke
    Mundo
    URL curta
    25212
    Nos siga no

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta terça-feira que o Irã precisar aderir aos termos de um acordo nuclear com as potências mundiais. Do contrário, segundo ele, Teerã terá "grandes problemas".

    Durante discurso em Youngstown, Ohio, o chefe de Estado norte-americano afirmou que os iranianos foram encorajados a seguir com seu programa nuclear por conta do acordo firmado durante a administração anterior na Casa Branca, mas "isso não ocorrerá por muito mais tempo". 

    Desde o seu período de campanha, Trump vem criticando o acordo estabelecido em 2015 entre Barack Obama e outros líderes mundiais com o governo iraniano, que permite que Teerã siga com seu programa nuclear desde que dê provas dos seus fins pacíficos. Como contrapartida, o acordo prevê o levantamento das sanções impostas à república islâmica. Embora o Irã venha cumprindo sua parte, permitindo livre acesso a suas usinas aos fiscais da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), países como Estados Unidos e Israel pedem uma revisão do acordo estabelecido, afirmando que o mesmo só serve para dar tranquilidade aos iranianos para desenvolver armas nucleares.

    Mais:

    Navios da Marinha dos EUA disparam tiros de aviso contra navios do Irã no golfo Pérsico
    Moscou critica novas sanções americanas contra a Rússia, Irã e Coreia do Norte
    Desafiando os EUA, Irã anuncia nova linha de produção de mísseis
    Rússia: novas sanções dos EUA contra Irã são infundadas
    Tags:
    programa nuclear, Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Donald Trump, Barack Obama, Youngstown, Ohio, Estados Unidos, EUA, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar