16:34 21 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Bandeira do grupo terrorista Daesh (Estado Islâmico)

    ONU impõe sanções a organizações e indivíduos ligados ao Daesh e à Al-Qaeda

    © REUTERS / Ali Hashisho
    Mundo
    URL curta
    3 0 0
    Nos siga no

    O Conselho de Segurança das Nações Unidas aprovou nesta quinta-feira a adoção de sanções contra oito indivíduos e organizações ligados aos grupos extremistas Daesh e Al-Qaeda, na forma de uma importante resolução voltada para o combate da prática e do financiamento do terrorismo.

    Entre os oito novos nomes incluídos na lista negra da ONU estão líderes do Daesh no Sudeste Asiático, grupos filiados ao Daesh na Síria, militantes terroristas do Cáucaso e uma companhia de troca de dinheiro ilícito. 

    De acordo com a vice-embaixadora dos Estados Unidos na ONU, Michele Sison, a resolução adotada é mais um passo importante para derrotar os extremistas do Daesh, da Al-Qaeda e seus afiliados e, para o seu país, não há prioridade maior no momento. 

    Sison também destacou que embora o Daesh esteja perdendo terreno na Síria e no Iraque, a ameaça imposta por seus militantes está longe do fim, e o grupo continuará tentando disseminar sua ideologia e radicalizar outros grupos ao redor do mundo.

    O vice-embaixador russo Vladimir Safronkov disse que a ação era muito importante para fortalecer o regime contraterrorista, mas que a Rússia estava muito decepcionada porque alguns membros do Conselho de Segurança não aceitaram a proposta de Moscou para impor um embargo sobre todos os laços econômicos e comerciais com áreas sob controle do Daesh.

    Mais:

    Libertação da 'capital' do Daesh levará a um confronto global?
    Por que membros do Daesh estão sendo executados extrajudicialmente no Iraque?
    Especialista: eliminação do líder do Daesh não é o fim do 'câncer' do terrorismo
    Filho de Bin Laden prepara retorno da Al-Qaeda, diz revista
    Militantes ligados à Al-Qaeda fazem funcionários da ONU de reféns na Líbia
    Tags:
    Al-Qaeda, ONU, Daesh, Michele Sison, Sudeste Asiático, Cáucaso, EUA, Iraque, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar