02:43 23 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    19312
    Nos siga no

    A Coreia do Norte carece de capacidades para lançar um ataque preciso contra os Estados Unidos. A declaração é do vice-chefe do Estado Maior conjunto dos EUA, general Paul Selva.

    "Não creio que o teste de 4 de julho demonstre que eles [norte-coreanos] tenham a capacidade de atacar os Estados Unidos com algum grau de precisão", disse Selva no Comitê de Serviços Armados do Senado dos EUA.

    Foi destacado, no entanto, que a Coreia do Norte avança no desenvolvimento do programa de mísseis balísticos intercontinentais.

    No último dia 4 de julho Pyongyang voltou a aumentar a tensão na Península Coreana ao realizar um teste do míssil balístico intercontinental Hwasong-14, que voou a uma altura 2.802 quilômetros de altura durante 39 minutos e caiu a uma distância de 933 quilômetros no Mar do Japão.  

    A Coreia do Norte já realizou um total de 10 testes de mísseis balísticos intercontinentais este ano, incluindo dois lançamentos fracassados em abril.

    Mais:

    Coreia do Norte pode entrar em colapso 'repentinamente', diz ex-subsecretário dos EUA
    Coreia do Norte avança na produção de mísseis de curto alcance mais letais
    Coreia do Sul tem radares multifuncionais para conter drones norte-coreanos
    'É a pior crise desde a Guerra da Coreia', diz ministro sul-coreano sobre Coreia do Norte
    Tags:
    península coreana, tensão, míssil balístico intercontinental, Pentágono, EUA, Pyongyang, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar