15:25 29 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    25140
    Nos siga no

    A França não insiste mais na saída do presidente da Síria, Bashar Assad, sendo a luta contra o terrorismo seu objetivo principal. A declaração é do presidente francês, Emmanuel Macron, em entrevista coletiva com o presidente dos EUA, Donald Trump, nesta quinta-feira (13), em Paris.

    "Nós mudamos a doutrina francesa em relação à Síria. Nossa principal tarefa é erradicar os grupos terroristas, quaisquer que sejam", disse o líder francês.

    Macron acrescentou que a "saída de Assad já não é mais uma condição necessária para a França". 

    Trump, por sua vez, afirmou que os Estados Unidos e a Rússia estão atualmente discutindo um segundo acordo de cessar-fogo na Síria.

    "Ao ter uma certa comunicação e diálogo [com a Rússia] conseguimos um cessar-fogo e isso está acontecendo muito bem. Francamente, estamos trabalhando em um segundo cessar-fogo em uma parte muito áspera da Síria", disse Trump a repórteres. "E se conseguirmos isso, nós não teremos balas sendo disparadas na Síria", completou. 


    Mais:

    Especialista sobre armas químicas de Assad: CIA é mestre em falsificação
    Mídia: EUA teriam desistido da ideia de derrubar Assad
    Mídia: EUA estão prontos para deixar Rússia definir destino de Assad
    Assad irá estampar nova cédula síria pela primeira vez
    Tags:
    guerra civil, terrorismo, visita oficial, Bashar Assad, Donald Trump, Emmanuel Macron, Rússia, Síria, EUA, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar