10:28 13 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Uma mulher observa os arranha-céus de Doha, no Qatar

    Estados árabes declaram fracasso das negociações e anunciam punições contra Qatar

    © AP Photo / Kamran Jebreili
    Mundo
    URL curta
    21420
    Nos siga no

    O bloco de países árabes liderado pela Arábia Saudita, que inclui Bahrein, Egito e os Emirados Árabes Unidos, anunciou que as negociações com o Qatar chegaram ao fim devido ao fracasso de Doha em atender às suas demandas.

    Como resultado, os quatro estados retiraram sua lista de demandas e anunciaram sua intenção de punir o Qatar, tomando medidas "políticas, econômicas e legais" contra o Qatar.

    Os quatro Estados árabes afirmaram que a recusa de Doha em atender às suas demandas é uma prova dos vínculos do Qatar com grupos terroristas. 

    De acordo com o comunicado conjunto, Doha teria sabotado intencionalmente os esforços diplomáticos para resolver a crise diplomática entre os Estados árabes, acrescentando que suas políticas continuam a sabotar os esforços para trazer segurança e estabilidade para a região.

    O Pentágono afirmou que o secretário de Defesa dos EUA, Jim Mattis, discutiu com seu homólogo qatari, Khalid al-Atiyah, a importância de diminuir a tensão na região. 

    Mais:

    Boicote ao Qatar será mantido até demandas serem atendidas, dizem países árabes
    Embargo árabe ameaça a Copa do Mundo de 2022 no Qatar
    'Demandas irreais': Qatar critica países vizinhos e diz que não abre mão de soberania
    Tags:
    crise diplomática, punição, terrorismo, segurança, Qatar, Bahrein, Arábia Saudita
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar