22:53 08 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    6111
    Nos siga no

    O ex-presidente da Ucrânia, Viktor Yanukovich, declarou nesta quinta-feira (6) que as atuais autoridades ucranianas tiraram a independência do país.

    "Não só perdeu a sua integridade territorial, mas também a sua independência, já que não se pode classificar de independente um 'governo controlado'", disse o político em entrevista coletiva em Moscou. 

    De acordo com Yanukovich, os EUA são os principais responsáveis por tudo o que acontece na Ucrânia agora, assim como Washington também pode participar na resolução do conflito no Donbass.

    "O presidente Trump terá uma boa chance de fazer com que seus pupilos cumpram os acordos de Minsk", disse ele.

    VíKtor Yanukovich, que foi eleito presidente da Ucrânia em 2010, foi derrubado em fevereiro 2014 em meio aos violentos conflitos que resultaram em protestos, inicialmente pacíficos, em apoio à associação com a União Europeia. Posteriormente, ele foi acusado de alta traição pelo governo que assumiu Kiev após o golpe.

    Atualmente, o ex-presidente vive na Rússia e se recusa a participar do processo judicial, já que, segundo ee, o resultado "já está predeterminado".

    Mais:

    Que países além dos EUA podem vir a fornecer armas letais à Ucrânia?
    Ex-ministro da Defesa da Ucrânia ameaçou a Rússia com atentados terroristas
    Trump quer vender mais carvão para a Ucrânia
    Poroshenko: União Soviética é culpada pela corrupção na Ucrânia
    Tags:
    protestos, soberania, independência, golpe, Viktor Yanukovych, EUA, Rússia, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar