16:18 25 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    27184
    Nos siga no

    Uma fonte diplomática informou à Sputnik que a Rússia tem provas incontestáveis de que armas e munições usadas por terroristas na Síria foram fornecidas do exterior.

    Foi relatado também houve uma série de bombardeios na Síria por parte de grupos ilegais armados. 

    "Os oficiais russos do Centro para a Reconciliação na Síria registraram neste sábado 48 bombardeios de morteiros no bairro de Al-Qabas das posições de formações armadas ilegais em Ein Tarma e Jobar", disse a fonte.

    "Eles reuniram provas incontestáveis que comprovam que os terroristas usam armas e munições estrangeiras — foram tiradas fotos de morteiros produzidos no exterior com números de série", acrescentou.

    No início do dia, vários portais de internet da oposição síria informaram que o suposto ataque químico das tropas governamentais em Ein Tarma deixou 30 militantes envenenados. O comando das Forças Armadas da Síria negou as alegações classificando os relatórios como "falsos e não consistentes com a realidade".

    Mais:

    Síria diz que relatório da OPAQ sobre ataque químico em Idlib é falso
    Versão mais recente do caça russo Su-27 é vista na Síria (FOTO)
    Curdos planejam libertar o norte da Síria da 'invasão turca'
    Tags:
    terroristas, exterior, armas, Centro Russo para a Reconciliação Síria, Rússia, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar