02:24 06 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    22424
    Nos siga no

    Os caças, que tentaram se aproximar do avião do ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, na região do Báltico, pertencem à Polônia, informou a rádio polonesa RMF FM.

    "Foram os F-16 poloneses que tentaram interceptar sobre o Báltico o avião do Ministério da Defesa da Rússia e os Su-27 que o acompanharam", diz-se no comunicado da emissora.

    Ontem (21), um F-16 da OTAN tentou se aproximar sobre as águas neutras do Báltico do avião em que viajava o ministro russo rumo à província de Kaliningrado, mas foi "afugentado" pelo Su-27 russo.

    Posteriormente, um representante da Aliança comunicou à mídia que a organização não sabia quem estava a bordo do avião e avaliou as ações dos pilotos russos como "seguras e profissionais".

    De acordo com os dados da RMF FM, um par de caças poloneses, que patrulham o céu sobre os Países do Báltico no âmbito da missão da OTAN, foi alarmado "devido aos aviões russos, que estavam voando perto das fronteiras dos países, onde protegemos o espaço aéreo".

    Mais tarde, o Comando Operacional das forças Armadas da Polônia confirmou oficialmente que foram seus caças que participaram da tentativa de intercepção dos aviões russos.

    Mais:

    Caças da OTAN voltam a se aproximar de avião do ministro da Defesa russo
    Quantos grupos táticos da OTAN estão instalados perto da Rússia? Ministro russo responde
    Que surpresa! Rússia está disposta a exportar armas aos países da OTAN
    Tags:
    intercepção, Su-27, F-16, Ministério da Defesa (Rússia), OTAN, Sergei Shoigu, Polônia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar