00:12 24 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Caça polonês F-16 voa sobre o norte da Polônia no âmbito de manobras da OTAN Anaconda, 10 de junho de 2016

    Qual país da OTAN enviou seus caças para escoltar avião do ministro russo?

    © AFP 2017/ DAMIEN SIMONART
    Mundo
    URL curta
    225290424

    Os caças, que tentaram se aproximar do avião do ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, na região do Báltico, pertencem à Polônia, informou a rádio polonesa RMF FM.

    "Foram os F-16 poloneses que tentaram interceptar sobre o Báltico o avião do Ministério da Defesa da Rússia e os Su-27 que o acompanharam", diz-se no comunicado da emissora.

    Ontem (21), um F-16 da OTAN tentou se aproximar sobre as águas neutras do Báltico do avião em que viajava o ministro russo rumo à província de Kaliningrado, mas foi "afugentado" pelo Su-27 russo.

    Posteriormente, um representante da Aliança comunicou à mídia que a organização não sabia quem estava a bordo do avião e avaliou as ações dos pilotos russos como "seguras e profissionais".

    De acordo com os dados da RMF FM, um par de caças poloneses, que patrulham o céu sobre os Países do Báltico no âmbito da missão da OTAN, foi alarmado "devido aos aviões russos, que estavam voando perto das fronteiras dos países, onde protegemos o espaço aéreo".

    Mais tarde, o Comando Operacional das forças Armadas da Polônia confirmou oficialmente que foram seus caças que participaram da tentativa de intercepção dos aviões russos.

    Mais:

    Caças da OTAN voltam a se aproximar de avião do ministro da Defesa russo
    Quantos grupos táticos da OTAN estão instalados perto da Rússia? Ministro russo responde
    Que surpresa! Rússia está disposta a exportar armas aos países da OTAN
    Tags:
    intercepção, Su-27, F-16, Ministério da Defesa (Rússia), OTAN, Sergei Shoigu, Polônia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik