00:32 25 Maio 2018
Ouvir Rádio
    A residência oficial do presidente norte-americano, Casa Branca, Washington

    Mídia: Casa Branca quer suavizar o projeto de lei sobre as sanções contra a Rússia

    © Sputnik / Natalia Seliverstova
    Mundo
    URL curta
    536

    A administração dos EUA pretende trabalhar com o Congresso para alterar o projeto de lei sobre novas as sanções contra a Rússia, adotado pelo Senado nesta semana. É o que escreve a publicação da Politico.

    "A Casa Branca está preocupada com o fato de que esta lei pode amarrar as mãos do governo no que diz respeito às relações russo-americanas, como disse publicamente o secretário de Estado Rex Tillerson", diz a publicação, citando fontes da Casa Branca.

    No entanto, "foi destacado que a Casa Branca apoia as sanções contra a Rússia, e as consequências políticas de um veto até hoje não foram discutidas".

    De acordo com a fonte da Casa Branca, na Câmara dos Representantes, que ainda não discutiu o documento, existem aqueles que estão "preocupados com a possibilidade de criar um precedente para limitar os poderes do executivo de controlar as sanções".

    Os senadores dos EUA aprovaram uma emenda na última quarta-feira que prevê a ampliação das sanções contra a Rússia, além de limitar a capacidade do presidente do país de suspender as medidas restritivas.

    Mais:

    Putin: países que introduziram sanções perderam mais do que a Rússia
    Rússia: extensão das sanções dos EUA não ficará sem resposta
    Senado dos EUA aprova projeto para expandir sanções contra a Rússia
    Amizade depois de mais sanções: EUA embrulharam-se nas relações com a Rússia
    Tags:
    projeto de lei, sanções, Câmara dos Representantes, Senado dos EUA, Casa Branca, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik