00:33 22 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Paul Ryan, presidente da Câmara dos Representantes dos EUA

    Presidente da Câmara dos EUA defende pressão americana sobre o Qatar

    © AFP 2019 / SAUL LOEB
    Mundo
    URL curta
    Ruptura de relações diplomáticas com Qatar (67)
    5011
    Nos siga no

    O presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Paul Ryan, disse nesta quarta-feira, 7, que o seu país deve pressionar o governo do Qatar para que este mude suas políticas em relação a outros Estados, a fim de superar a atual crise que atinge a península da Arábia.

    "Eu acredito que deveríamos exercer algum tipo de pressão sobre o Qatar. Porque acredito que eles poderiam melhorar sua política externa", afirmou o parlamentar norte-americano. 

    Após vários países romperem as relações com o Qatar, acusando Doha de apoiar terroristas e desestabilizar a situação do Oriente Médio, a Casa Branca informou que o presidente dos EUA, Donald Trump, continuaria se comunicando com todos os países do Golfo Pérsico, a fim de reduzir as tensões na região. Além disso, os Estados Unidos possuem uma base militar no Qatar, e, de acordo com a Força Aérea americana, a mesma não deverá ser fechada ou ter suas atividades alteradas por conta dos recentes eventos.

    Tema:
    Ruptura de relações diplomáticas com Qatar (67)

    Mais:

    Parlamento turco aprova envio de tropas para o Qatar
    Mídia: sauditas podem ser presos por apoiarem Qatar nas redes
    Rússia apoia resolução diplomática para crise do Qatar
    'Arábia Saudita está se preparando para invadir Qatar'
    Tags:
    Paul Ryan, Donald Trump, Península Arábica, Doha, Golfo Pérsico, Oriente Médio, Qatar, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar