11:01 20 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, representado como um demônio por artista de rua

    Grande Satã: Irã diz que até aliados dos EUA sabem que não se pode confiar em Washington

    CC BY 2.0 / Aaron Scheibner / Donald Trump arte de rua
    Mundo
    URL curta
    2123

    Aproveitando as comemorações do 28º aniversário de morte do fundador da República Islâmica do Irã, aiatolá Sayyid Ruhollah Musavi Khomeini, o atual líder supremo do país, Ali Khamenei, voltou a acusar os Estados Unidos de serem o Grande Satã, no qual ninguém pode confiar.

    "Isso é sabedoria. Os americanos não são confiáveis no que diz respeito a qualquer assunto", disse Khamenei, destacando que até mesmo os líderes europeus têm dificuldade para acreditar nos EUA. 

    Criticando Washington por suas acusações contra o Irã, o sacerdote denunciou também a hipocrisia da Casa Branca, demonstrada durante a recente visita do presidente americano, Donald Trump, ao Oriente Médio: 

    "Vejam quão obsceno é o nosso inimigo! O presidente dos Estados Unidos dança com o líder de um regime reacionário [Arábia Saudita] e critica uma eleição de 40 milhões no Irã."

    Segundo Khamenei, um dos grandes objetivos de Khomeini ao promover a revolução de 1979 foi acabar com a dominação de Washington e estabelecer um governo orientado para o povo. Ele acredita que essa ideia atrai hoje muitos jovens de países com laços fortes e antigos com os norte-americanos.

    "Se vocês conversarem com a juventude da Arábia Saudita, vão ver que eles odeiam depender dos EUA", disse o aiatolá, sublinhando que, como declarava seu antecessor, desafiar o Grande Satã com sabedoria tem um preço menor do que apaziguá-lo. 

    Mais:

    Daesh é uma responsabilidade do ocidente, diz Ali Khamenei
    Ali Khamenei: EUA cometeram erro estratégico ao atacar a Síria
    Aiatolá Ali Khamenei proíbe novas negociações do Irã com os EUA
    Tags:
    grande satã, Casa Branca, Ruhollah Khomeini, Donald Trump, Aiatolá Khomeini, Aiatolá Ali Khamenei, Oriente Médio, Irã, Arábia Saudita, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar