01:51 24 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Representante oficial da chancelaria russa, Maria Zakharova

    Zakharova: ao contrário do Ocidente, Rússia não vai produzir notícias falsas

    © Sputnik / Kirill Kallinikov
    Mundo
    URL curta
    Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo (19)
    671

    A Rússia não vai se envolver na guerra de informações e criar notícias falsas, em contrapartida às difamações publicadas no Ocidente, disse a representante oficial do ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, ao discursar durante um evento do Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo (SPIEF).

    Edward Snowden
    © REUTERS / Glenn Greenwald/Laura Poitras/Courtesy of the Guardian/Handout via Reuters
    "Não haverá fabricação de notícias falsas próprias, nem de um arsenal de desinformação, isso é óbvio. Estou 100% certa disso. Pois esse seria um caminho para lugar algum. O problema não está em quem vai ganhar essa guerra", disse a diplomata. 

    Segundo ela, dá para traçar um paralelo entre as guerras de informação e as nucleares. "Não há vencedores em um conflito nuclear", alertou Zakharova.

    "Da mesma forma, não há vencedores em uma guerra de informação. Pois as pessoas inocentes sempre acabam sendo as vítimas. No final das contas, as pessoas simplesmente se voltarão contra os tradicionais meios de informação em massa e buscarão por fontes alternativas. Isso não é bom, nem ruim. A única pergunta que eu posso fazer é para os representantes da mídia — vocês realmente estão prontos para isso?", concluiu a representante oficial do ministério das Relações Exteriores da Rússia.

    O Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo (SPIEF), uma das principais plataformas internacionais para discussão de temas econômicos estratégicos, está sendo realizado entre os dia 1 e 3 de junho. A agência internacional de notícias Sputnik e Rossiya Segodnya são parceiros oficiais do fórum.

    Tema:
    Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo (19)

    Mais:

    Cientistas querem uma vacina para proteger leitores de notícias falsas
    Especialista: 'É perigoso dar ao Google o poder de comprovar veracidade de notícias'
    Caçando 'fakenews': Google lança sistema que comprova veracidade de notícias
    Usina de guerra híbrida: como se fabricam notícias antirrussas
    Tags:
    fake news, notícias falsas, guerra de informações, imprensa, SPIEF 2017, Maria Zakharova, São Petersburgo, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar