14:52 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Ministra da Defesa da Alemanha, Ursula von der Leyen, discursa para militares alemães na base aérea de Incirlik, na Turquia (arquivo)

    Turquia proibiu visita de alemães a Incirlik por medo de apoio a grupo extremista

    © REUTERS / Bundeswehr
    Mundo
    URL curta
    0 0 0
    Nos siga no

    Um membro do Partido da Justiça e Desenvolvimento da Turquia (AKP), do presidente Recep Tayyip Erdogan, afirmou à Sputnik nesta quarta-feira que Ancara teria proibido a visita de parlamentares alemães à base turca de Incirlik, operada em parceria com a Força Aérea dos EUA, por receio de simpatizantes de uma organização terrorista na delegação.

    O motivo para essa recusa seria o fato de que, entre os políticos do Bundestag interessados em visitar o local, que está sendo utilizado por militares alemães empenhados na luta contra o Daesh na Síria e no Iraque, estariam defensores do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), considerado uma organização extremista pela Turquia. 

    Na última segunda-feira, o Ministério das Relações Exteriores da Alemanha informou que a viagem dos parlamentares a Incirlik, programada com antecedência, havia sido cancelada pelas autoridades turcas.

    "A Turquia cancelou a visita dos deputados alemães à base de Incirlik porque essa delegação poderia comportar apoiadores diretos do PKK. Essa é uma situação absolutamente inaceitável para a Turquia", disse o deputado turco Mustafa Yeneroglu. 

    De acordo com Yeneroglu, o pedido para visitar Incirlik partiu do Comitê de Defesa do Bundestag, que inclui membros do partido de esquerda Die Linke que já teriam manifestado abertamente simpatia pelo PKK. Por esse motivo, segundo o político turco, o Ministério das Relações Exteriores da Turquia foi encarregado de examinar uma lista com o nome de todos os parlamentares alemães interessados em ir à base antes de liberar a visita da delegação.

    Além da Alemanha, Incirlik está abrigando um grande número de soldados e equipamentos de diversos países que participam da coalizão internacional liderada por Washington para combater as forças terroristas no Oriente Médio. 

    Mais:

    Poderão os EUA encontrar alternativa à base militar Incirlik?
    'Turquia está usando base de Incirlik como ferramenta de pressão sobre Washington'
    Casa Branca: Turquia prejudica a si mesma colocando em questão uso da base Incirlik
    Tags:
    extremismo, terrorismo, Die Linke, Daesh, PKK, AKP, Bundestag, Oriente Médio, Adana, Incirlik, Síria, Iraque, Ancara, EUA, Turquia, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar