19:21 05 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    520
    Nos siga no

    Os lançamentos fracassados de mísseis da Coreia do Norte representam na realidade um êxito para Pyongyang, pois assim o país se aproxima da possível criação de um míssil capaz de carregar ogivas nucleares, afirma o chefe do Comando do Pacífico, Harry Harris.

    "A combinação de ogivas nucleares com a tecnologia balística nas mãos de um líder tão extravagante com Kim Jong-un representa uma receita para a catástrofe", sublinhou Harris durante seu discurso em Tóquio após o encontro com as autoridades japonesas. Segundo ele, o encontro se focou no tema do programa nuclear da Coreia do Norte e seus mísseis.

    "Kim Jong-un não tem medo de sofrer um fracasso público, sendo qualquer teste realizado por ele um sucesso, pois o país se aproxima ainda mais da possibilidade de lançar um míssil equipado com ogiva nuclear contra qualquer ponto do mundo", afirmou Harris, citado pela agência Associated Press.

    A Coreia do Norte realizou seu último teste de míssil na madrugada de domingo passado (14). No dia seguinte, Pyongyang confirmou oficialmente o lançamento bem-sucedido de um míssil balístico de médio alcance. O míssil percorreu cerca de 800 quilômetros em 30 minutos e caiu no mar do Japão, fora da zona econômica especial deste país. Pela primeira vez o míssil alcançou uma altitude de 2 mil quilômetros.

    Mais:

    EUA pedem que Rússia e China 'façam o possível' para responder à Coreia do Norte
    Coreia do Norte reafirma que está determinada a lutar contra os EUA
    Tags:
    EUA, Coreia do Norte, Harry Harris, testes de mísseis, fracasso, vantagem
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar