00:49 04 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    971018
    Nos siga no

    Os Estados Unidos fizeram um apelo para que Rússia e China usem sanções para pressionar a Coreia do Norte em resposta ao seu último teste de míssil realizado durante o fim de semana.

    "Nós pedimos que todos os países da região, em particular a Rússia e a China, façam tudo em termos de sanções para ajudar a resolver a situação e tragam estabilidade para a península", disse o porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (15).   

    "Eu acho que não há dúvidas de que a Coreia do Norte continua ameaçando os Estados Unidos e seus aliados, o Japão, a Coreia do Sul e seus vizinhos, incluindo a China e a Rússia", acrescentou.

    A Coreia do Norte realizou um novo lançamento de míssil no último sábado (13). O projétil voou por cerca de 30 minutos e atingiu uma altura de 2.000 quilômetros.

    Mais:

    Secretário-Geral da ONU condena teste de míssil da Coreia do Norte
    Coreia do Norte anunciou teste bem-sucedido de míssil balístico de médio alcance
    CS da ONU realizará reunião de emergência sobre Coreia do Norte
    Putin e Xi Jinping expressam preocupação com aumento de tensão na península da Coreia
    Tags:
    península coreana, tensão, míssil, sanções, Sean Spicer, Coreia do Norte, China, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar