23:35 25 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    46141
    Nos siga no

    O presidente da Rússia, Vladimir Putin, chegou à capital chinesa para participar do fórum "Um Cinturão e uma Rota" sobre o projeto da Rota da Seda.

    Ao participar da abertura do fórum na manhã de domingo (horário local), Putin afirmou que "o mundo deve renunciar ao uso de retórica bélica para resolver os problemas da atualidade". Segundo ele, não é possível resolver nenhum problema seguindo uma lógica antiga. 

    O líder russo também pediu a implementação de um acordo euroasiático para facilitar o comércio. De acordo com Putin, o protecionismo é uma ameaça para a economia global. 

    Durante a visita oficial à China, Putin realizará uma série de encontros bilaterais. A visita oficial do líder russo está programada para os dias 14 e 15 de maio.  

    O presidente chinês, Xi Jinping, ao abrir o fórum, informou que o país destinará mais de $36 bilhões para apoiar projetos da Rota da Seda. Segundo ele, o livre comércio é um motor importante para o desenvolvimento e a economia mundial precisa de novos impulsionadores para o desenvolvimento.

    Em 2013, a China anunciou sua nova estratégia chamada "Um cinturão e Uma Rota". A iniciativa que visa construir infraestrutura e ajustar laços com os países da Eurásia abrange dois principais sentidos de desenvolvimento: o Cinturão Econômico da Rota da Seda e a Rota da Seda Marítima. O objetivo é criar um corredor comercial para fornecimento direto de produtos do Oriente para Ocidente.

    Mais:

    Rota da seda: este, sim, é um negócio da China
    Por que Índia perturba iniciativas da China para criar Nova Rota da Seda?
    Itália quer fazer parte da nova Rota da Seda proposta pela China
    Tags:
    rota da seda, fórum, Xi Jinping, Vladimir Putin, China, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar