04:08 22 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Donald Trump e Barack Obama antes da cerimônia

    'Não muito fã': Obama alertou Trump sobre General Michael Flynn

    © REUTERS / Carlos Barria
    Mundo
    URL curta
    405

    A Casa Branca confirmou nesta segunda-feira (8) que o ex-presidente dos EUA, Barack Obama, deixou claro para Donald Trump que "não era grande fã" do ex-conselheiro de Segurança Nacional da atual administração norte-americana, General Michael Flynn.

    A administração de Trump foi alertada para não eleger Flynn para assumir a Defesa nacional durante a reunião realizada na Casa Branca após a vitória de Trump nas eleições de novembro de 2016.

    O ex-presidente teria dito que "não era grande fã" do General Flynn. 

    Flynn foi afastado do cargo depois de se verificar que ele havia mentido para o vice-presidente Mike Pence sobre suas conversas com o embaixador russo nos EUA, Sergei Kislyak. 

    O porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, afirmou que a administração de Obama havia julgado a questão e não tomou medidas para suspender a autorização de segurança de Flynn.   

    Mais:

    Wikileaks: Flynn renunciou por pressão dos serviços secretos, dos democratas e da imprensa
    O que pode estar por trás da demissão do conselheiro de Segurança Michael Flynn?
    Tags:
    defesa nacional, administração, Sergei Kislyak, Michael Flynn, Donald Trump, Barack Obama, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar