08:43 14 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Soldados nigerianos exibem bandeira do Boko Haram apreendida na retomada da cidade de Damasak, em 18 de março de 2015

    82 meninas sequestradas pelo Boko Haram são libertadas

    © REUTERS / Emmanuel Braun
    Mundo
    URL curta
    120

    Os militantes de Boko Haram libertaram 82 estudantes de um grupo de mais de 200 meninas que foram raptadas na cidade de Chibok, em abril de 2014. A informação foi confirmada pelas autoridades da Nigéria.

    De acordo com um funcionário do governo que pediu para não ser nomeado, as meninas foram libertadas após a realização de negociações com o governo.

    Recentemente, as forças da África Ocidental libertaram 5.000 pessoas que estavam sendo mantidas em cativeiro em aldeias pelo Boko Haram, em uma operação que matou mais de 60 terroristas e destruiu o esconderijo do grupo islâmico ao longo da fronteira entre a Nigéria e Camarões.

    O grupo islâmico nigeriano Boko Haram tem lutado desde 2009 para tentar estabelecer um califado islâmico na região do Lago Chade, onde Nigéria, Camarões, Níger e Chade se encontram. 

    Uma operação coordenada pelos militares das quatro nações desmantelou grande parte do território que o Boko Haram chegou a controlar, mas o grupo permanece capaz de lançar ataques letais, muitas vezes visando a população civil.

    Mais:

    Operação multinacional liberta 5.000 prisioneiros do Boko Haram
    Exército nigeriano resgata 1880 reféns do Boko Haram
    Boko Haram ataca Exército da Nigéria
    Tags:
    libertação, sequestro, Negociação, Boko Haram, África Ocidental, Camarões, Chade, Nigéria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik