14:40 23 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Tropas governamentais sírias avançam em Khan-Tuman, bairro leste de Aleppo, Síria, 25 de outubro de 2016

    Rússia acusa Ocidente de bloquear investigações sobre ataque de armas químicas na Síria

    © AFP 2017/ GEORGE OURFALIAN
    Mundo
    URL curta
    71050121

    A tarefa do Ocidente é impedir uma investigação completa sobre o suposto incidente com armas químicas em Khan Shaykhun, no início de abril. Quem afirma é o chefe do Departamento de Não-Proliferação e Controle de Armas da Rússia, Mikhail Ulyanov.

    O comentário de Ulyanov ocorreu após a Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ) ter votado contra a proposta russa e iraniana de investigar o incidente.

    "Falando francamente, esperávamos exatamente esse resultado, tendo em conta a maneira como nossos parceiros ocidentais se comportaram ontem na sessão do Conselho Executivo da OPAQ", disse ele.

    Segundo Ulyanov, a conclusão russa é de que este comportamento dos colegas ocidentais é equivalente ao reconhecer que os sírios não usaram armas químicas, visto que eles buscam impedir uma investigação completa sobre o incidente. 

    Mais:

    Militar russo morre na Síria após ataque de terroristas
    Opinião: Crise na Síria levará à perda da hegemonia global dos EUA
    Mais da metade dos russos são a favor da continuação da operação da Rússia na Síria
    Tags:
    investigação, armas químicas, ataque químico, Estado Islâmico, Daesh, Khan Shaykhun, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik