00:15 24 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Venezuela

    Unasul: Decisão do tribunal da Venezuela atenta contra a democracia

    Federico Parra/AFP
    Mundo
    URL curta
    1133426

    A maioria dos países da aliança sul-americana Unasul condenou nesta sexta-feira a situação institucional da Venezuela e considerou que o Supremo Tribunal atentou contra os princípios da democracia ao assumir do Parlamento.

    A crítica foi feita por países como Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Paraguai e Uruguai. Bolívia e Equador, que também são membros da Unasul, mas têm maior afinidade ideológica com o governo venezuelano de Nicolas Maduro e não manifestaram protesto contra o situação no país.  

    "É alarmante o anúncio de que o Tribunal assumirá as competências do poder legislativo, e a decisão de limitar os poderes da Assembleia Nacional e restringir a imunidade parlamentar dos seus membros", afirmaram os países da Unasul através de um comunicado.

    A maioria dos membros da Unasul considerou que os recentes eventos na Venezuela "minam os princípios e valores da democracia representativa e da separação, independência e conformidade com as autoridades públicas".

    A oposição venezuelana saiu às ruas nesta sexta-feira para protestar contra a decisão do tribunal, enquanto aumenta a pressão externa contra o governo socialista de Nicolas Maduro.

    Mais:

    Governo brasileiro acusa Venezuela de romper ordem constitucional
    Venezuela denuncia ataque da direita regional contra a democracia
    Maduro decreta internet gratuita em todas as escolas e universidades públicas da Venezuela
    Sob protestos de Caracas, OEA se reúne em Washington para discutir crise da Venezuela
    Tags:
    tribunal, democracia, Unasul, Nicolas Maduro, América do Sul, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik