08:41 22 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Bandeira da OTAN é queimada durante protestos na Rússia

    Opinião: Montenegro na OTAN será péssimo para os EUA e a Europa

    © AFP 2017/ MAXIM AVDEYEV
    Mundo
    URL curta
    62065186

    A decisão do Senado dos Estados Unidos de aprovar a adesão de Montenegro à OTAN é uma medida que será prejudicial tanto para os EUA como para a Europa, disse o ex-assessor do Senado e diplomata Jim Jatras à Sputnik.

    Nesta terça-feira, o Senado dos Estados Unidos votou a favor da adesão de Montenegro à Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN).

    "Hoje é um dia triste para a América, para a Europa e para o mundo", disse Jatras. "A adesão de Montenegro à OTAN é uma escolha errada".

    Jatras advertiu que a adesão de Montenegro não aumentará a segurança do povo americano ou da aliança da OTAN.

    "Como o senador Paul Rand apontou, Montenegro não pode contribuir em nada para a defesa dos americanos. É um consumidor de segurança, não um provedor", disse ele.

    Jatras também observou que o governo de Podgorica se recusou a realizar um referendo democrático para deixar o seu próprio povo decidir se queria aderir à OTAN ou não.

    O único cálculo que parecia motivar os políticos norte-americanos em abraçar o Montenegro era o desejo de enfurecer desnecessariamente a Rússia, observou Jatras.

    O outro motivo seria encorajar outras nações da Europa do Leste a juntarem-se à aliança, explicou o interlocutor da Sputnik.

    "A verdadeira questão hoje é" deixar a porta "da OTAN aberta para os países como Ucrânia, Geórgia, Azerbaijão, Macedônia e Bósnia-Herzegovina… deixar Montenegro de fora mostraria que a porta está fechada", disse ele.

    No entanto, tentar incorporar a Ucrânia e a Geórgia na OTAN provocaria a Rússia e elevaria as tensões entre as duas superpotências nucleares a níveis extremamente perigosos, alertou Jatras.

    Ucrânia e Geórgia "não são apenas inúteis para a defesa americana, elss são perigosas". Ucrânia e Geórgia na OTAN, segundo o ex-parlamentar, provocariam uma corrida armamentista.

    Mais:

    Montenegro pede para OTAN salvá-la da 'mão do Kremlin'
    Polônia apoia adesão de Montenegro à OTAN
    Parlamento de Montenegro aprova resolução sobre adesão à OTAN
    Geórgia implementará reformas para se tornar compatível com OTAN
    Ucrânia pede aos EUA status de aliado importante extra-OTAN
    Tags:
    opinião, OTAN, Jim Jatras, Europa, Montenegro, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik