12:30 06 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Bandeira dos EUA na Base Aérea de Bagram, Afeganistão

    Entidades militares dos EUA planejam aumentar contingente no Afeganistão em 5 mil

    © AFP 2019 / Wakil KOHSAR
    Mundo
    URL curta
    3010
    Nos siga no

    O comandante do contingente dos EUA no Afeganistão, John Nicholson, planeja acordar com a OTAN o envio ao país de mais 5 mil militares americanos, comunica a edição Sunday Times.

    A iniciativa goza de apoio por parte do chefe do Pentágono e, segundo se espera, será apresentada à consideração dos ministros da Defesa dos países-membros da Aliança durante sua próxima reunião em maio.

    "Não podemos nos dar ao luxo de sair do Afeganistão. É o lugar onde começou a guerra contra o terrorismo em 11 de setembro. Uma derrota lá encorajaria os terroristas por todo o mundo, e mais pessoas iriam aderir às suas fileiras. Além disso, assistiríamos ao aumento do fluxo migratório desta região para a Europa", afirmou o general em uma entrevista à Sunday Times.

    Segundo disse o militar, hoje em dia o governo afegão controla apenas "cerca de 62% da população e perto de 57% do território do país".

    A partir de 1 de janeiro de 2015, no Afeganistão está atuando a nova missão da OTAN Apoio Resoluto. Em conformidade com um acordo bilateral entre a Aliança Atlântica e o Afeganistão, no seu território se encontram cerca de 12 mil militares que se dedicam a treinar e consultar as forças afegãs, sendo que a missão é considerada como não bélica.

    Mais:

    Terroristas continuam sofrendo baixas no leste do Afeganistão
    Afeganistão pede ajuda à Rússia para reconstruir economia do país
    Arranco orçamental: como o Pentágono gastará seus bilhões fáceis
    Tags:
    missão de treinamento, contingente militar, Talibã, Pentágono, OTAN, Afeganistão, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar