07:32 16 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Ministro das Relações Exteriores russo Sergei Lavrov durante o encontro com o presidente do Comitê Internacional da Cruz Vermelha, Peter Maurer, Moscou, Rússia, novembro de 2016

    Chanceler russo: EUA geram 'caos controlado' em várias partes do mundo

    © Sputnik / Mikhail Voskresensky
    Mundo
    URL curta
    33252

    Os EUA e seus aliados estão criando intencionalmente um “caos controlado” em muitas partes do mundo e este mecanismo é amplamente utilizado por Washington hoje em dia, afirmou o ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, em uma conferência na Academia do Estado-Maior Geral das Forças Armadas da Rússia.

    "O conceito 'caos controlado' apareceu há muito tempo como um método para reforçar a influência dos EUA que se baseia na ideia de gerar um caos longe da costa americana. Os cientistas políticos e arquitetos da política exterior de Washington sempre mantiveram o Oriente Médio na mira", assinalou Lavrov, citado pelo canal russo Zvezda.

    Segundo disse o chanceler russo, no Iraque e na Síria o "caos controlado" se criou deliberadamente e, atualmente, os EUA estão tentando semear caos na Líbia e no Iêmen.

    "A operação contra o Talibã e a Al-Qaeda começou com o apoio de todos os países do mundo. Porém, ao receber autorização, os EUA atuaram de maneira incoerente. A ameaça terrorista no Afeganistão não desapareceu e a ameaça das drogas aumentou consideravelmente. Houve até situações onde alguns contingentes militares da OTAN se fizeram desentendidos perante a existência de tráfico de drogas", sublinhou Sergei Lavrov.

    Mais:

    Lavrov: Moscou dá passos concretos para contribuir para o processo de Genebra sobre Síria
    Chanceler russo: EUA estão dispostos a apoiar consultas de paz em Astana
    Chancelaria russa: Não temos dúvidas de que EUA bombardearam civis sem querer
    Tags:
    intervenção externa, Talibã, Al-Qaeda, Sergei Lavrov, Oriente Médio, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik