14:09 21 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Representante permanente dos EUA na ONU Nikki Haley

    Representante permanente dos EUA na ONU instiga a desconfiar da Rússia

    © AFP 2019 / KENA BETANCUR
    Mundo
    URL curta
    2429
    Nos siga no

    Representante permanente dos EUA junto à ONU, Nikki Haley, declarou que Washington não deve subestimar "ameaça russa", comunica o canal de televisão NBC News.

    "Levem ela [ameaça] a sério. Nunca devemos confiar na Rússia", acrescentou ela em entrevista ao NBC News

    Além disso, Haley apoiou o decreto migratório de Trump, declarando que ele se distingue das iniciativas que o republicano propôs durante a campanha eleitoral. 

    Ao comentar as palavras da diplomata sobre a Rússia, a porta-voz da Duma de Estado da Rússia, Irina Yarovaya, referiu-se às mesmas como "justificação dos erros da política norte-americana" que "custam tradicionalmente muito para o mundo".

    "A incapacidade de confiar é a distinção daqueles que não estão prontos para cumprir obrigações", acrescentou Yarovaya. 

    No início de fevereiro, a representante permanente da ONU norte-americana condenou "ações agressivas da Rússia", acrescentando, entretanto, que Washington quer reforçar relações com Moscou. 

    Mais anteriormente, o ex-presidente dos EUA, Barack Obama, prolongou as sanções antirrussas por mais um ano e os líderes da UE decidiram prolongar restrições até meados de 2017. A maior condição para cancelamento das sanções é o cumprimento dos Acordos de Minsk. 

    Entretanto, Kremlin acredita que é uma posição absurda, pois a Rússia não faz parte do conflito interno ucraniano e não é país-chave dos acordos.  

    Mais:

    Filha de indianos, Nikki Haley será a nova embaixadora dos EUA na ONU
    Senador russo dá uma 'lição' à embaixadora dos EUA na ONU
    Tags:
    obrigações, confiar, campanha eleitoral, iniciativa, posição, decreto, reação, política, entrevista, ONU, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar