04:13 17 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Presidente da Turquia Recep Tayyip Erdogan durante discurso

    Presidente turco chama governo de um dos fundadores da UE de fascista

    © AFP 2019 / ADEM ALTAN / AFP
    Mundo
    URL curta
    4164

    O presidente da Turquia Recep Tayyip Erdogan chamou os representantes do governo holandês de fascistas após o avião que transportava o chanceler turco Mevlut Cavusoglu não ter sido autorizado a aterrissar na Holanda, comunica a mídia turca.

    "Eles não sabem nada nem de política, nem da diplomacia internacional. São sobrevivências do nazismo, e eles são fascistas", disse o líder turco ao discursar em Istambul neste sábado (11), cita a agência Anadolu.

    "E agora, como planejam que vossos aviões [com diplomatas] aterrem em nosso país após vocês não terem deixado [aterrissar] o nosso ministro das Relações Exteriores?", exclamou Erdogan, se dirigindo às autoridades holandesas.

    Mais cedo neste dia, o chanceler holandês afirmou que as autoridades não autorizaram a aterrissagem do avião com o diplomata turco por razões de "segurança pública".

    O ministro das Relações Exteriores turco planejava discursar em Roterdã perante representantes da comunidade turca que residem na cidade. Cavusoglu frisou várias vezes que caso a Holanda cancelasse sua viagem, a Turquia imporia contra ela sanções duras que poderiam acarretar consequências políticas e econômicas.

    Mais:

    Presença do exército turco em Manbij pode virar um 'Vietnã' ou 'Afeganistão'
    Sem dar explicações Turquia suspende ligação por ferry-boat com Crimeia
    Opinião: Alemanha cria um muro de Berlim nas relações com a Turquia
    Tags:
    avião, chancelaria, Mevlut Cavusoglu, Recep Tayyip Erdogan, Europa, Holanda, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar