14:40 08 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    83123
    Nos siga no

    O Conselho de Segurança da ONU votará na terça-feira (28) um projeto de resolução que impõe sanções contra a Síria pelo uso de armas químicas. A informação foi divulgada por fontes diplomáticas das Nações Unidas.

    A Rússia prometeu usar seu veto para bloquear a medida, que seria a sétima vez que Moscou recorreu ao seu poder de veto para proteger seu aliado de Damasco. 

    O projeto de resolução procura impor sanções (congelamento de bens e restrições de viagens) a 11 comandantes e oficiais militares sírios e a 10 entidades governamentais e afins envolvidos no suposto desenvolvimento e produção de armas químicas.

    A investigação da OPAQ afirma que as forças do governo sírio foram responsáveis por três ataques de gás cloro e que os militantes islâmicos usaram gás de mostarda. O governo do presidente Bashar Assad nega as acusações.

    O vice-embaixador russo nas Nações Unidas, Vladimir Safronkov, havia declarado anteriormente que o projeto proposto era unilateral e violava o princípio da presunção de inocência ao prejulgar os resultados das investigações. 

    Mais:

    'Presunção de inocência': Rússia promete vetar sanções da ONU contra a Síria
    ONU joga suas fichas em nova rodada de negociações sobre Síria em Genebra
    Frente al-Nusra ataca comboio com ajuda humanitária da ONU na Síria
    Tags:
    sanções, veto, armas químicas, Conselho de Segurança da ONU, Rússia, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar