23:58 03 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    135
    Nos siga no

    Altos funcionários da Coreia do Norte podem visitar os EUA para realizar encontros não oficiais com antigos altos funcionários norte-americanos. Esse será o primeiro contato dos últimos cinco anos, comunica o Washington Post.

    A realização de negociações entre dois países se dificultou durante últimos 8 anos devido aos testes de mísseis balísticos de Pyongyang e também devido ao recente assassinato do irmão do líder da Coreia do Norte Kim Jong-nam, que pode ter sido assassinato por ordem de Kim Jong-un. 

    A visita se tornará um  sinal claro de que Kim Jong-un intenta reestabelecer o diálogo com a administração do presidente Donald Trump, comunica o Washington Post

    O planejamento das negociações Track 1.5, em que pretendem participar antigos governantes norte-americanos e representantes oficiais da Coreia do Norte, estão na fase preparatória. 

    ​É possível que uma delegação de Pyongyang seja encabeçada pela diplomata Choi Sun-hee. As negociações serão realizadas dentro de várias semanas em Nova York, mas a questão dos vistos ainda não está resolvida.

    Mais:

    Irã e Coreia do Norte trocam sinais de aproximação
    Por que Coreia do Norte lançou novo míssil Pukguksong-2?
    Tags:
    diplomata, governante, diálogo, visita, assassinato, mísseis, teste, negociações, encontro, Coreia do Norte, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar