19:52 18 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Chanceler russo Sergei Lavrov e Secretário de Estado dos EUA durante reunião em Bonn, na Alemanha, 16 de fevereiro de 2017

    Chanceler russo: EUA estão dispostos a apoiar consultas de paz em Astana

    © REUTERS / Brendan Smialowski/POOL
    Mundo
    URL curta
    221

    O Ministro das Relações Exteriores russo Sergei Lavrov declarou na quinta-feira (16) que o secretário de Estado dos EUA Rex Tillerson está disposto a apoiar as negociações de paz em Astana, no Cazaquistão.

    "Tillerson expressou sua disposição para apoiar este processo [das negociações de paz para a Síria em Astana]", destacou Lavrov.

    Falando aos jornalistas após a reunião com seu homólogo norte-americano, Lavrov ressaltou que os EUA confirmaram o interesse comum em combater o terrorismo. O chanceler russo também enfatizou que o encontro com Tillerson foi produtivo. Estas informações são da agência Bloomberg. Segundo a fonte, Tillerson frisou que os EUA irão defender a sua posição em relação à Rússia nas questões em que as posições dos dois países não coincidam.

    Segundo Lavrov, Moscou está pronta para estabelecer contatos com os EUA.

    "Pensamos que deverá ser realizada uma reunião entre Trump e Putin", destacou.

    Na quinta-feira (16), Lavrov e Tillerson realizaram o primeiro encontro antes da reunião ministerial do G20 em Bonn para discutir as perspectivas das relações russo-americanas.

    O correspondente da Sputnik comunicou que Tillerson não conseguiu terminar seu discurso na primeira reunião com Lavrov.

    "Muito obrigado, senhor Lavrov, também tenho prazer em vê-lo", disse Tillerson.

    Em seguida o Secretário de Estados dos EUA foi interrompido pelos organizadores americanos da reunião que pediram aos jornalistas para deixarem a sala. No entanto, os jornalistas não obedeceram logo ao pedido.

    O jornalista da agência AP conseguiu perguntar a Lavrov se a Rússia está preocupada com a "turbulência" em Washington e se ela tem impacto sobre as relações russo-americanas.

    "Vocês têm que compreender que nós não interferimos nos assuntos internos de outros países", respondeu o chanceler russo

    Este é o primeiro contato de alto nível entre o chanceler russo e o secretário de Estado dos EUA após a posse de Trump.

    Antes, a porta-voz oficial da chancelaria russa, Maria Zakharova, comunicou no Facebook que as partes russa e americana irão discutir questões da agenda bilateral e problemas internacionais, inclusive as crises mundiais.

    Mais:

    'Amigo de Putin' e possível secretário de Estado destaca prioridades externas dos EUA
    Secretário da Defesa dos EUA: 'Irã é o maior estado patrocinador de terrorismo no mundo'
    Tags:
    turbulência, crise, reunião, negociações de paz, Cúpula do G20, Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, Vladimir Putin, Donald Trump, Rex Tillerson, Sergei Lavrov, Astana, Bonn, Alemanha, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar