04:44 27 Fevereiro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    1507
    Nos siga no

    A Alta Representante da UE para Política Externa e Segurança, Federica Mogherini, está preocupada com a possiblidade de os EUA perderem liderança mundial. A diplomata se mostrou aflita com a possibilidade durante entrevista ao jornal alemão Die Welt, onde acrescentou que visitou oficialmente a capital dos EUA na semana passada.

    "Nunca tinha visto os Estados Unidos polarizados e divididos, tão sobrecarregados com os conflitos como agora. Porém, aquele que quer desempenhar papel de líder global deve ser inerentemente forte, autoconfiante e unido", afirmou Mogherini ao conversar com o Die Welt.

    "Se a maior democracia mundial demonstrar tensões a tal nível, o resto do mundo pode ser desestabilizado", frisou.

    Segundo disse a chanceler europeia, provavelmente as relações pragmáticas predominarão entre os EUA e a Europa no futuro.

    "Estamos nos aproximando de uma nova fase das relações. Teremos que desbravar todos os temas para entender onde estão nossos pontos de convergência, mas isso não é uma tragédia", acredita Federica Mogherini.

    No final desta semana, vários altos oficiais da nova administração norte-americana planejam viajar oficialmente para a Europa. Mais particularmente, o novo chefe do Pentágono, James Mattis, pretende se encontrar com seus homólogos da OTAN nesta quarta-feira (15).

    Já na quinta-feira (16), durante a reunião do G-20 em Bona, espera-se a visita do secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson. Finalmente, na sexta-feira (17) está marcada a visita do vice-presidente dos EUA, Mike Pence, à conferência de segurança em Munique.

    Mais:

    Premiê da França exorta UE a deixar de 'ingenuidade' e revidar protecionismo dos EUA
    Chefe de Política Externa da UE a Trump: 'Vamos celebrar cada muro derrubado'
    Mogherini: Cidadãos da UE com dupla cidadania podem viajar para os EUA
    Tags:
    liderança, desintegração, visita oficial, Pentágono, União Europeia, Mike Pence, James Mattis, Federica Mogherini, Europa, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar