06:07 25 Fevereiro 2017
Ouvir Rádio
    Crimeia, Rússia. Vista de Yalta a partir do mar Negro (arquivo)

    Casa Branca: Donald Trump espera que Rússia devolva Crimeia para a Ucrânia

    © Sputnik/ Sergey Malgavko
    Mundo
    URL curta
    1134534556

    A Casa Branca informou nesta terça-feira, 14, que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, deixou muito clara a sua posição sobre a Crimeia, dizendo esperar que a Rússia revogue a reintegração da península e a devolva para a Ucrânia.

    Incorporada simbolicamente ao território da República Socialista Soviética da Ucrânia pelo secretário-geral do Partido Comunista da União Soviética Nikita Khrushchev, em 1954, para celebrar a amizade entre russos e ucranianos, a Crimeia, habitada em sua maioria por russos, adquiriu o status de República Autônoma após a dissolução da URSS, em 1991. Em 2014, depois do golpe que afastou Viktor Yanukovich da presidência da Ucrânia, a população local decidiu em referendo, com quase 97% de aprovação, pela emancipação da região e posterior reintegração à Federação Russa. 

    Mesmo com a vontade clara e manifesta dos habitantes de pertencer novamente à Rússia, a mudança não foi reconhecida pelo Ocidente, que logo adotou uma série de sanções contra Moscou, acusando a Rússia de interferir em assuntos internos do país vizinho. Apesar do posicionamento oficial da administração de Barack Obama, Donald Trump, em seu período de campanha eleitoral, afirmou que poderia considerar a possibilidade de reconhecer a república como parte integrante da Rússia. No entanto, o discurso do agora chefe de Estado dos EUA mudou radicalmente, segundo declarações do porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer. 

    "O presidente Trump deixou muito claro que ele espera que o governo russo reduza a violência na Ucrânia e devolva a Crimeia", disse Spicer em coletiva de imprensa nesta tarde. "Ao mesmo tempo, ele espera profundamente, e deseja, se dar bem com a Rússia", acrescentou.

    Mais:

    Putin defende igualdade de direitos em conversa com Donald Trump
    Preço alto: EUA só retiram sanções se Rússia devolver Crimeia
    Crimeia pede ao Ocidente para impedir provocação de conflito fronteiriço por Kiev
    EUA nunca aceitarão a 'anexação' da Crimeia pela Rússia, diz a Ucrânia
    Tags:
    sanções, Casa Branca, Viktor Yanukovich, Sean Spicer, Nikita Khrushchev, Barack Obama, Donald Trump, Moscou, Washington, EUA, Ucrânia, URSS, União Soviética, Rússia, Crimeia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik

    Todos os comentários

    • almeidairineu
      O que acho nesse discurso toda e o tom de ordem ao governo russo devolvam e pronto vamos ver se os Russos obedecem.
    • avatar
      Eduardo Antonio De Moura
      Trump está certo e é claro que ele e todos os EUA devem esperar que a Rússia devolva a Criméia à Ucrânia.
      Mas como tudo depende de RECIPROCIDADE, é óbvio também que não só Putin e a Rússia mas todo o mundo que não pertence à OTAN também esperam que os EUA devolvam todas as terras roubadas ao México; devolvam o Alaska à Rússia em troca de US$ 10 milhões; que os EUA desocupem as centenas de bases militares com as quais invadem inúmeros países mais fracos pelo mundo a fora; que a Inglaterra devolva aa Irlanda do Norte, a Escócia, o País de Gales, Gibraltar, Malta e as Malvinas aos seus legítimos donos; que a Polônia devolva todas as terras tomadas da Alemanha; que o Paquistão e o Bangladesh sejam devolvidos à índia; Taiwan à China; que a Coréia seja unificada; que todas as tropas estrangeiras deixem o Oriente Médio; e finalmente que Israel devolva TODO O SEU TERRITÓRIO aos PALESTINOS.
      Claro que a França devolveria a Guiana ao Brasil, o mundo seria mais justo, todos viveriam em paz e não se falaria mais nisto!
      E os EUA de Trump encampariam e liderariam esta campanha mundial pelas devoluções...
      Que tal?
      Não seria O MAIS... J U S T O ?
      Ou na verdade mesmo, nem Trump e muito menos toda a OTAN e seus escravos estão interessados em qualquer tipo de "justiça"?
    • avatar
      Joel Queiroz
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Tá querendo tomar o prêmio do Jim Carrey, ou Adam Sandler, ou coisa que o valha.
    • avatar
      dal.molin
      Quem sabe os Estados Zunidos deem o exemplo, e devolvam primeiro o Texas e a Califórnia para o México! (isso só para não serem hipócritas)
    • eoliver900
      Deu pra tras.
      Agora ficou entalado,tem que devolver,as terras ao mexico,cuba e etc.
      A inglaterra devolve as malvinas a argentina e por ai vai,ai sim a russia,vai pensar no caso.isso e se o povo da crimeia aceitar,pois o referendo foi legitimo.
    • avatar
      smbsalgado
      Penso que a RÚSSIA vai devolver a CRIMEIA depois que o ""Pentágono"", prender o "" ZORRO"".
    Mostrar comentários novos (0)